sexta-feira, 28 de outubro de 2011



LINDEZA VÍVIDA


De nada vale a beleza, pois, sem algo para acompanhá-la.
Um rosto nunca será belo molhado por lágrimas de solidão.
O que tiver de ser bonito, tem que ser completo, e isto independe de forma
Talvez esta forma seja aquela de porta-retrato, com abraços aparentemente sinceros
Que da aparência nasce a chance de tornar-se real
E da realidade nascem formas de vida inteligentes, sábias de saber viver
Mas que da vida nada se leva, então, se deve aproveitar tudo, do inicio ao fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário